segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

minutos de terror



sim, o terrorismo está ao nosso lado, como dizem os americanos. eles estavam certos, vou provar. ontem, domingo, estava em uma lanchonete com um amigo (amigo?) e ele me intimou "amanhã às 6h da manhã iremos fazer spinning e caso você não vá, passarei na sua casa após a aula e gritarei: 'seu gordo preguiçoso!'". acordei às 5h28min, esperando algo cansativo, pois já havia visto em matérias de tv o quanto esse exercício fazia perder 1 trilhão de calorias em 1h de prática. cansativo é uma coisa, terror é outra. cheguei na academia, ajustei a bicicleta e comecei a sofrer mortalmente. pressão por todos os lados: música ruim + pessoas empolgadas às 6h da manhã (como pode?). após 45 minutos de aula, me sinto bem em dar algumas dicas para os iniciantes:

1. o foco principal na sua mente deve ser "sobrevivência". achar que você será o super-atleta - ou até mesmo o mais medíocre dessa classe - é tolice. sobreviver é a lei;

2. jamais, jamais (leia-se novamente: jamais) siga as instruções do professor, pois cada pedido dele é uma ordem ao seu desgaste excessivo;

3. interprete sabiamente todos os comandos dele, seguindo a seguinte linha: quando ele pedir "pessoal, vamos aumentar a carga e subir ladeira", deite-se na bicicleta - se possível, durma de olhos abertos. se ele disser "só falta mais 1 música", não se anime muito, pois essas músicas eletrônicas duram 10 minutos cada;

4. procure por alguém na turma que seja mais inútil que você. é de conhecimento de todos que o ser humano sente prazer ao ver o seu semelhante em posição pior que a sua e essa aula é a prova final que isso é verdade, sem frescuras. é a verdade absouta. >> "desculpe-me gordinha, mas você parou de pedalar mais vezes que eu";

seguindo essas dicas rápidas você poderá se tornar um paulo cintura em breve, "yeah yeah".

6 comentários:

queridobunker disse...

perseverança, bom homem.

você nem imagina o que um mês de spinning pode fazer pelos seus seios.

Henrique Abreu disse...

rapaz,

Isso pra mim é problema seu.
hahaha
Veja o lado bom da coisa...
Vai poder beber mais, comer mais (inclusive mulheres...yes, you can).
Sua auto-estima vai melhorar e dou uma indicação: quem nunca fez a aula, pode fazer que não dói nada,

H

Meagan disse...

willpower beibi!

Nickita disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk ri demais Leo. Ri com teu post e com o comentário do cara de cima "vai poder comer mais, (inclusive mulheres") kkkkkkk
Mas não te imagino numa aula de spinning! Se tu não aguenta correr 100m quem dirá 45 min de sofrimento na intensidade máxima, du-vi-d-O-do! hehehe

lalafernandes disse...

Tsk tsk tsk...

Eu, mulher, faço muay thai. Você, homem, faz spinning.

Algo está errado nessa estória.

Vamos baixar o lombo, Leo!!! Eu e tu, tu e eu!

Patricia disse...

Ri muito com a dica 3!!! Te vejo falando...